Loading...

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

A luz divina

Nasceu uma criança em Belém,
Nasceu a esperança também,
E a luz então brilhou.
Vê no olhar da criancinha?
Ainda brilha a luzinha,
Que Deus ali colocou.


Pra que tanta galhardia,
Com esse gesto de energia,
Pra iluminar as mansões?
Vê a magia das luzinhas,
Nos olhos das criancinhas,
Iluminando os corações?


Nos olhinhos das crianças,
Vejo o brilho da esperança,
De algum dia vencer.
Pra gastarem seu dinheiro,
Não com todo esse luzeiro,
Mas com as coisas de comer.




“Jesus é a luz ,o vinho e o pão,

Pra entrar nesta festa,

Não se gasta um tostão.”